Categoria: Institucional

Foto de Rafael Ribeiro/CBF

A tradicional Granja Comary da CBF, que recebe a seleção brasileira em seus treinamentos, foi reformulada e os revestimentos cimentícios da Solarium foram escalados para as novas instalações. Os revestimentos Solarium foram escolhidos para o novo projeto da Granja Comary por serem, por si só, ecologicamente corretos, pois seu processo de fabricação não é poluente. 

 


A Solarium Revestimentos Cimentícios trouxe novas linhas ao mercado na Expo Revestir 2014. Mais uma vez, a empresa trouxe produtos versáteis e contemporâneos para ambientes clássicos e modernos que foram muito bem recebidos pelo público da feira.

A Solarium Revestimentos recebe pela terceira vez o iF – o “Oscar” do design mundial – na categoria revestimentos. A premiação veio com a peça Cobogó Atoll, criada pela designer Renata Rubim, que já havia sido vencedora também em 2012, com as peças Praga e Catavento. A entrega será realizada no dia 28 de fevereiro em Munique, na Alemanha.

Com as fábricas de Porto Alegre (RS), de São Bernardo do Campo (SP), de Brasília (DF) e do Recife (PE) rodando a plena carga, a Solarium, fabricante de revestimentos para pisos e paredes, iniciou a construção de uma nova unidade, desta vez em Araçariguama (SP). A nova fábrica, que deve ser inaugurada até o fim de 2014, vai triplicar a capacidade atual da empresa de 120 mil metros quadrados de produtos por mês, disse a presidente Ana Cristina de Souza Gomes.

Conforme a empresária, a nova fábrica em Araçariguama terá inicialmente 10 mil metros quadrados de área construída e vai absorver as linhas de São Bernardo do Campo, que tem 5 mil metros quadrados e será fechada. A ideia inicial era ampliar a unidade atual, mas a empresa decidiu migrar para Araçariguama, a 70 quilômetros de distância, devido a vantagens logísticas locais.

A fábrica de Araçariguama exigirá o investimento de R$ 12 milhões, sem contar os R$ 3 milhões pagos pelo terreno de 25 mil metros quadrados, adquirido há três anos. Segundo Ana Cristina, parte será financiada e parte bancada com caixa próprio. Ela não informou o faturamento da empresa, mas disse que as vendas cresceram 10% em valores nominais no ano passado ante 2012. Já a produção avançou 5% em volume.

Para a empresária, 2013 foi um ano “difícil” no segmento residencial, mas o desempenho da empresa foi puxado pelo lançamento de produtos direcionados a clientes corporativos, que aumentaram a participação sobre o faturamento de 20% para 30% no ano passado. As exportações responderam por menos de 5% dos negócios da Solarium, principalmente com embarques para os Estados Unidos, Uruguai e Angola, mas a meta é elevar a fatia para 20% em cinco anos.

Os revestimentos da Solarium ficam numa faixa de preço que varia de R$ 50 a R$ 500 o metro quadrado e estão disponíveis em 300 pontos de venda no Brasil, disse Ana Cristina. No exterior, a empresa montou uma área de vendas exclusiva em uma loja parceira em Nova Iorque há pouco mais de um mês e o modelo deve ser replicado em Los Angeles ainda neste ano, adiantou a empresária.

A partir de São Paulo, a Solarium atende os mercados do Sudeste e também o Paraná, enquanto os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina são abestecidos pela unidade de Porto Alegre. Já a fábrica de Brasília supre a região Centro-Oeste e a do Recife, o Nordeste do país. A empresa tem 160 funcionários.

Fonte: Valor Econômico, matéria de Sergio Ruck Bueno.

A Arena Pantanal de Cuiabá, Mato Grosso, premiado projeto da GCP Arquitetos, receberá revestimentos cimentícios da linha Classic da Solarium que possui o Selo SustentaX de Qualidade e Sustentabilidade, sendo um dos recursos utilizados para atender à certificação Leed de sustentabilidade.

Para a Solarium Revestimentos Cimentícios, ter um de seus produtos em uma obra como essa corrobora o compromisso da empresa em oferecer soluções que proporcionam conforto e elegância associados à qualidade e sustentabilidade.

A Solarium é a única marca de revestimentos cimentícios a ter produtos rotulados com o selo verde SustentaX. Mais um capítulo da história de liderança e pioneirismo de uma empresa 100% nacional que acumula 16 anos de experiência no mercado de revestimentos cimentícios.

A Solarium agradece a todos os profissionais de arquitetura e design que lembraram da marca e nos ajudaram a ser mais uma vez Top of Mind. Vocês fazem parte desta conquista. Muito obrigado.

Na edição de 06 de maio de 2013, Fernando Soares entrevistou a presidente da Solarium, Ana Cristina de Souza Gomes para o Jornal do Comércio, caderno de Empresas & Negócios. Confira abaixo a entrevista:

Solarium planeja expandir sua produção 

Dona de quatro plantas espalhadas por Brasília, Porto Alegre, Recife e São Bernardo do Campo (SP), a Solarium começa a planejar mais um ciclo de expansão de suas atividades. Atualmente, a fabricante de pisos e revestimentos trabalha na mudança para um novo local em solo paulista. A área, de 10 mil metros quadrados, permitirá que a capacidade produtiva seja duplicada ou até mesmo triplicada. A ideia é que, até 2014, a obra esteja concluída.

Forte crítica do atual sistema logístico brasileiro, da precariedade das estradas que ajudam a encarecer o preço do frete e da burocracia para exportar, a presidente da empresa, Ana Cristina Gomes, planeja um crescimento de 15% no faturamento neste ano em relação a 2012.

Confira as fotos do porsche do piloto Vitor Scheid no campeonato internacional  Porsche GT3 Cup Challenge adesivado com a marca Solarium. A primeira etapa do campeonato foi neste fim de semana, dia 06, no circuito de Algarve em Portugal e a próxima será dia 14 no circuito da Catalunya, Barcelona.

Os produtos da linha Classic e Basic da Solarium Revestimentos receberam o selo SustentaX de Garantia de Qualidade e Sustentabilidade. Dessa maneira, a empresa torna-se a única marca de revestimentos cimentícios a ter produtos com essa qualificação. Mais um capítulo da história de pioneirismo de indústria 100% nacional que acumula 15 anos de experiência no mercado de revestimentos de ambientes externos e internos.

Alinhada com o mercado da construção sustentável, que tem avançado a passos largos no Brasil, nos últimos três anos o crescimento acumulado da empresa chegou a 36%. Para se ter uma ideia de todo esse potencial, segundo especialistas, 7% de todo o PIB da construção civil do país em 2011 veio de edificações verdes, o que corresponde a cerca de R$ 10 bilhões. Só em São Paulo e Rio de Janeiro, o número de edifícios ecologicamente corretos deve crescer, respectivamente, 73% e 163% até o final de 2013. Em Curitiba esse número deve ser de 900%.

Um dos aspectos sustentáveis mais trabalhados pela Solarium é a criação de produtos ao mesmo tempo amigáveis para com o ecossistema ambiente e extremamente atraentes para o consumidor final, incluindo-se aí o investimento em design. A empresa acredita que projetos pouco atraentes tornam-se desperdício em diversos níveis – do consumo desnecessário de energia e materiais, na indústria, passando pelo espaço de armazenamento no comércio, até a insatisfação do cliente.

“Nosso posicionamento para o mercado não é apenas o de fabricante de pisos cimentícios. Temos um laboratório de pesquisa para criar novos produtos e investimos de forma consistente em design e tecnologias de última geração”, diz Ana Cristina de Souza Gomes, presidente da Solarium.

A conquista da certificação SustentaX somente corrobora o compromisso da empresa em oferecer a seus clientes soluções que proporcionam conforto e elegância, associados a uma crescente preocupação de não agressão ao meio ambiente.

Selo SustentaX

O propósito do Selo SustentaX é ajudar os consumidores na identificação de produtos, materiais, equipamentos e serviços sustentáveis.

Os produtos, materiais e equipamentos com o Selo SustentaX atendem, no mínimo, os atributos essenciais de sustentabilidade:

• Salubridade;

• Qualidade;

• Responsabilidade Social;

• Responsabilidade Ambiental;

• Comunicação Responsável para o Consumidor e fornecedor.

Assim, além dos atributos essenciais, salubridade e qualidade (funcional e ambiental) do produto e responsabilidade socioambiental e de comunicação do fabricante, também são analisados atributos complementares, como a utilização de conteúdo reciclado, biodegrabilidade, regionalidade dos materiais, desmaterialização, contribuição para a economia de água, eficiência energética, entre muitos outros aspectos.

E também confira os folhetos explicativos da linha Basic e Classic na página do Selo SustentaX.

Pisos cimentícios da Solarium têm aspecto natural e fácil aplicação. Confira o estudo de caso com as nossas linhas Classic, Basic e Legno Antico aqui.